Articles

Carta Internacional de Educação Física, Atividade Física e Esporte

A Carta Internacional de Educação Física, Atividade Física e Esporte é uma referência com base em direitos que guias e apoia o processo de decisão, bem como esportes Políticas.

Promove acesso inclusivo ao esporte por todos, sem forma de discriminação. Estabelece o básico de ética e qualidade para todos os atores responsáveis pela criação, criação e avaliação de programas e políticas esportivas.

Este texto único é a expressão de uma visão. Município de todos os atores envolvidos no esporte: Se são atletas profissionais ou amadores, árbitros, representantes de autoridades públicas ou organizações esportivas, operadores de apostas esportivas, organizações de mídia, não-governamentais, administradores, educadores, famílias, profissão médica, mas também outras partes interessadas.

Baixe a Carta

Français | Francês | Español | العربية |中文 | Русский | Dansk | Deutsch | Farsi | Hindi | Italiano |本語本語 | Português

***

Adoptado em 1978 Até a 20ª Sessão da Conferência Geral da UNESCO, o texto original da Carta foi considerado inovador. Na verdade, o primeiro documento diz que “a prática da educação física e do esporte é um direito fundamental para todos”.

Inspirado pelo Espírito Universal fornecido pela Carta Original e integrando os desenvolvimentos significativos no campo do esporte desde 1978, a versão revisada da Carta Internacional de Educação Física, atividade física e esporte foi adotada pela 38ª sessão da Conferência Geral da UNESCO em novembro de 2015. Introduz novos princípios universais, como a igualdade de gênero, a não discriminação e a inclusão social dentro e através do esporte. Este texto também destaca os benefícios da atividade física para a sustentabilidade do esporte, a inclusão de pessoas com deficiência, mas também para a proteção das crianças.

A revisão da Carta envolveu vários especialistas e profissionais do governo, Organizações esportivas, ambiente acadêmico e ONGs. Esta nova versão foi cuidadosamente examinada durante as sessões do Comitê Intergovernamental para Educação Física e Desporto (cigeps), bem como pelo seu Comitê Consultivo Permanente (CCP), mas também pelo Conselho Executivo da UNESCO. Este é um acompanhamento da Declaração de Berlim, adotada por 600 participantes de 121 países, no final da 5ª Conferência Internacional de Ministros e Altos Funcionários responsáveis pela Educação Física e Esporte (Mineps v).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *